Enredo

chiinolixo

Hideki Motosuwa é um rapaz que mora em uma fazenda em Hokkaido (a segunda maior ilha do arquipélago japonês, província do Japão) e decide mudar-se para Tóquio para tentar entrar na universidade. Lá ele se depara com uma grande tecnologia do mundo moderno, “os robôs de estimação” chamados persocons que podem ser portáteis ou andróides. Através deles, é possível acessar a internet, ler e mandar e-mails. Todas as pessoas possuem um persocom e Hideki também deseja ter um, no entanto, falta-lhe dinheiro uma vez que é apenas um estudante. Em uma noite, enquanto Hideki voltava para o seu apartamento, ele acaba encontrando uma bela persocon no lixo. Como ela parecia estar em perfeitas condições, Hideki leva-a para casa e tenta descobrir como ligá-la. Assim que liga a persocon, Hideki percebe que  a única coisa que ela consegue falar é “Chii” (pronuncia-se “tchi”), e por isso decide que este será seu nome. É assim que Hideki começa a desvendar os mistérios de Chii, uma robô que perdeu toda a sua memória.